Ir para o conteúdo

Procurar

Agindo versus Esperando: Alcançando Nossas Metas, Esperanças e Sonhos

Não quero esperar

28 de março de 2019

Homem na cadeira de montanhas

por luiz correa
traduzido por Joel McDonald

Em algum momento de nossas vidas, vamos precisar esperar na expectativa de que algo aconteça ou que alguém faça algo. Esperamos por muitas coisas. Esperamos, às vezes com fome ou aos trinta, pela oportunidade de comer ou beber. Esperamos o ônibus nos levar à escola ou ao trabalho. Esperamos pelo início de uma aula ou reunião. Esperamos que as notas sejam publicadas ou notícias de uma promoção. Esperamos por uma esperada carta de aceitação para uma universidade que trabalhamos muito com o objetivo de frequentar. Esperamos ouvir sobre um trabalho para o qual fomos entrevistados. Esperamos que nosso parceiro de vida se torne parte de nossas vidas. Esperar faz parte da vida.

Esperar não é suficiente, entretanto. Às vezes, muitas vezes, precisamos combinar a ação com a nossa espera. Quando uma criança está com fome, ela clama para ser alimentada. Quando precisamos de um táxi, sinalizamos que é necessário que o motorista pare para que possamos iniciar a viagem. Não podemos simplesmente querer entrar na universidade de nossa escolha sem ter feito as ações necessárias para estudar e provar que somos capazes dos rigores dessa universidade. Não é suficiente esperar, e a inação pode significar a continuação da fome, nunca chegar ao nosso destino ou não atingir objetivos de vida significativos. Devemos agir.

Mesmo com toda a preparação adequada e ações tomadas para tentar atender às nossas necessidades e alcançar nossos objetivos, não há garantia de que tudo o que esperamos e esperamos se concretizará. Há momentos em que as coisas não acontecem do nosso jeito, independentemente de como nos preparamos. Embora isso possa ser desanimador; imagine a frustração daqueles que não se preparam e não agem e, ainda assim, esperam muito pelo pouco que fizeram em direção ao que esperam.

“O maior obstáculo para a vida é a expectativa, que depende do amanhã e perde hoje. Você está organizando o que está sob o controle da Fortuna e abandonando o que está sob seu controle. O que você está olhando? Para qual objetivo você está se esforçando? Todo o futuro está na incerteza: viva imediatamente. ”- Seneca

Como ensinou o filósofo estóico romano, esperar e se preocupar com o futuro é esquecer de viver no presente. Não podemos controlar o futuro, mas podemos assumir o controle de hoje, do presente. A única influência sobre o que acontece no futuro é o que fazemos hoje. Não fazer nada hoje para cumprir nossos objetivos é deixar o futuro nas mãos do destino. Se não estivermos dispostos a nos preparar para o futuro, é inútil “forçar” ou ficarmos preocupados demais com o futuro para o qual não fizemos nada para nos preparar.

Vamos agir em preparação para o nosso futuro. Vamos nos tornar como os motores pulsantes de um carro potente e acelerar nossas vidas em direção às nossas esperanças e sonhos. Quando tivermos que esperar que as coisas aconteçam ou que outros façam algo que tenha impacto em nossas vidas, vamos tornar essa espera mais agradável e esperançosa com o conhecimento de que agimos, fizemos os preparativos adequados e fizemos o trabalho necessário. Então, a espera terá valido a pena enquanto colhemos os frutos que semeamos por meio de nossas ações.

“Não julgue cada dia pela colheita que você faz, mas pelas sementes que você planta.”Robert Louis Stevenson

Deixe um Comentário





Role para cima