Skip to content

Search

Élder M. Russell Ballard Aborda Tópicos Como; Membros LGBT, Suicídio e compartilha conselhos com alunos da BYU

Collage de Afirmación 2018

November 15, 2017

Por Marianne Holman Prescott

Tradução: Luiz Correa

 

 

Segue abaixo, alguns tópicos importantes, dito pelo Élder Ballard aos estudantes da BYU.

 

PROVO, Utah – Ao abordar as questões relativas à revelação, ao suicídio, à pornografia, ao trabalho missionário, à gentileza e à atração do mesmo sexo, o Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, compartilhou um conselho sincero e oportuno para estudantes da Universidade Brigham Young na terça-feira 14 de novembro, durante um campus devocional.

 

“Minhas experiências do chamado e de vida me permitem responder a certos tipos de perguntas”, disse ele. “Existem outros tipos de perguntas que exigem um especialista em um assunto específico. Isso é exatamente o que eu faço quando preciso de uma resposta para essas questões. Procuro ajuda dos outros, incluindo aqueles com graus e conhecimentos em tais campos “.

 

Compartilhando que ele se preocupa às vezes “que os membros esperam muito dos líderes e ensinamentos da Igreja – esperando que eles sejam especialistas em assuntos que ultrapassem seus deveres e responsabilidades”, o Élder Ballard lembrou aos ouvintes de seu papel como apóstolo – convidar outros a vir a Cristo .

 

“Se você tem uma pergunta que exige um especialista, aproveite o tempo para encontrar um especialista serio e qualificado para ajudá-lo”, disse ele. “Há muitos neste campus e em outros lugares que têm os graus e a experiência para responder e dar uma visão para a maioria desses tipos de perguntas”.

 

O Élder Ballard respondeu a muitas perguntas, começando com o conselho em resposta a diferenciação entre “perfeccionismo debilitante e convite de Cristo para tornar-se perfeito como Ele”.

 

“Nós vivemos em um mundo de comparação”, ele respondeu. “As mídias sociais tornaram isso pior à medida que entramos em linha e comparamos nossas vidas aparentemente menos emocionantes com as” vidas falsas “que vemos on-line”.

 

Reconhecendo que grande parte das “vidas falsas” em sites de redes sociais foram editadas e são jactanciosas e irreais, o Élder Ballard disse que alguns podem ter expectativas irrealistas acreditando que deveriam ser felizes o tempo todo e, se não estiverem, sentem-se como algo está errado com eles.

 

“Não devemos comparar-nos com os outros”, disse ele. “Lembre-se de que o Salvador está interessado apenas em nosso crescimento pessoal”.

 

Ao abordar a questão da mensagem que ele tem para os jovens adultos solteiros LGBT, o Élder Ballard respondeu de uma maneira gentil e franca.

 

“Quero que alguém que é membro da Igreja que é gay ou lésbica sabe que acredito que você tem um lugar no reino e reconhece que às vezes pode ser difícil para você ver onde você se encaixa na Igreja do Senhor, mas você faz .

 

“Precisamos ouvir e entender o que nossos irmãos e irmãs LGBT estão sentindo e experimentando. Certamente, devemos fazer melhor do que fizemos no passado para que todos os membros sintam que eles têm um lar espiritual onde seus irmãos e irmãs os amam e onde eles têm um lugar para adorar e servir o Senhor “.

 

O Élder Ballard ensinou que, quando uma pessoa ama Deus, ele ou ela faz – e se esforça para manter – convênios sagrados. Ao viver os mandamentos do evangelho, uma pessoa experimentará “bênçãos incontáveis”, permitindo que uma pessoa se torne seu próprio eu mesmo – “exatamente quem Deus quer que sejamos”.

 

Dirigindo-se à questão: “Onde a Igreja está em direitos civis LGBT?” O Élder Ballard disse que a Igreja acredita em “justiça para todos”.

 

“Nós acreditamos que os direitos fundamentais da cidadania devem ser protegidos para todas as pessoas – para pessoas LGBT, para pessoas de todas as fés, e para todos os outros”, disse ele.

 

A melhor abordagem para os direitos de equilíbrio, ensinou o Élder Ballard, é proteger os direitos fundamentais de todos os grupos e depois encontrar “compromissos razoáveis em outras áreas quando os direitos conflitam”.

 

Usando a recente legislação de não discriminação de Utah como exemplo, o Élder Ballard disse que “condenamos, nos termos mais fortes, o bullying ou o assédio de qualquer tipo. Toda pessoa é filha de Deus. Todos têm o direito de amar e respeitar.

 

“A razão pela qual a Igreja apoiou o festival LoveLoud, aqui no condado de Utah, foi enviar uma mensagem forte de que os jovens LGBT ou qualquer outra pessoa nunca devem ser maltratados e, se algum deles estiver preocupado, eles devem procurar ajuda de amigos, familiares e profissionais treinados “.

 

Dirigindo-se ao tema do suicídio, o Élder Ballard disse que está ciente do problema e tem experiências pessoais com familiares e amigos próximos que levaram suas próprias vidas.

 

“O suicídio é um assunto muito complicado – os especialistas apontam que há múltiplas causas, incluindo ansiedade, depressão e desequilíbrio químico que podem levar ao desespero e perda de autocontrole”, afirmou. “Tenha cuidado com o que você diz sobre o suicídio e reconheça que não conhecemos as circunstâncias completas em torno de cada suicídio. O Senhor sozinho tem todos os fatos e só Ele saberia a intenção do coração de alguém. Não devemos julgar aqueles que tomam suas próprias vidas e devemos apoiar e confortar aqueles que ficaram atrás depois da morte de um ente querido. …

 

“Lembre-se sempre de cada vida é preciosa – um presente de um Pai celestial amoroso”.

 

Respondendo à pergunta: “Meu namorado luta com a pornografia, o que devo fazer?” Elder Ballard incentivou a transparência e completa honestidade – especialmente para quem está considerando o casamento.

 

“Fale uns com os outros e descubra onde o coração de uma pessoa é e o que ele ou ela está fazendo para se tornar um Santo através da expiação de Jesus Cristo”, disse ele. “No entanto, você não deve estar perguntando a esse tipo de perguntas pessoais quando conhece alguém – e certamente não durante a primeira data!”

 

Reconhecendo que uma pessoa pode ajudar outra pessoa que está tentando sinceramente a se livrar do uso habitual ou do vício da “nova droga” da pornografia, o Élder Ballard disse que “muitos homens e mulheres sofrem em silêncio porque nós demonizamos involuntariamente aqueles que são viciados em pornografia.

 

“Pais, familiares e amigos podem fazer muito mais para ajudar aqueles com problemas, querendo ouvir e oferecer apoio e encorajamento. No entanto, namorados e namoradas não são responsáveis por “salvar” seus amigos do pecado, cada pessoa tem essa responsabilidade “.

 

Para aqueles que se perguntam se devem prosseguir em um relacionamento onde a pornografia é um fator, o Élder Ballard disse que “só você pode decidir, com a ajuda do Senhor”.

 

Elder Ballard abordou uma questão sobre como uma pessoa pode avançar depois que um líder da Igreja fez algo que prejudicou sua confiança.

 

“Eu sei que isso acontece porque o Senhor tem somente mortais para trabalhar com Ele, convidando-nos a receber Suas bênçãos, ordenanças e palavras”, ele respondeu. “Posso imaginar como você se sente porque vivemos em um mundo onde as pessoas às vezes dizem coisas prejudiciais, abusam da confiança que foram dadas e nem sempre vivem os ensinamentos de Jesus como deveriam. Somos, afinal, humanos – somos falíveis, imperfeitos e imperfeitos “.

 

O Élder Ballard pediu aos ouvintes que se lembrem de que, em algum momento da vida, ele ou ela pode decepcionar e falhar aos outros também. Se está deixando um membro da família, irmão ou irmã da Igreja, ou amigo, o Élder Ballard reconheceu que ninguém – nenhum pai, mãe, filho, professor, aluno, missionário ou presidente da missão para citar alguns – é perfeito.

 

“O Senhor forneceu a única solução real para viver com outros mortais”, disse o Élder Ballard. “Ele nos pede para perdoar e amar uns aos outros”.

 

Para familiares e amigos menos ativos, Elder Ballard incentivou os ouvintes a amá-los.

 

A LDS Church News (Jornal da Igreja SUD) é uma publicação oficial da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

 

 

Leave a Comment





Scroll To Top